Consumo consciente- Livre-se do Intermediário e Melhore seus Resultados

Olá Pessoas, hoje vamos falar sobre mudar alguns conceitos, alguns impulsos, consumo consciente e escolhas conscientes.

No período em que vivemos no país e no mundo o consumo anda desenfreado, as dívidas aumentando e dia após dia mais pessoas estão infelizes, insatisfeitas consigo mesmas, com o que tem e o que adquire.

Nos últimos dias tenho refletido muito sobre isso. Tenho reparado mais nas pessoas que estão a minha volta e nos valores que tenho hoje, com a impulsão ao consumir e a sensação que isso me trás. Por quanto tempo essas sensações permanecem e o que sinto depois. Eu estou levando essa reflexão para vários aspectos da vida.

escolha Comportamento Todos

O que é o intermediário Renata? O intermediário é aquilo que vai lhe trazer um prazer momentâneo, uma alegria, excitação grande, mas que durará pouco tempo, até alguns minutos ou segundos.

Mas isso é bom, é gostoso, da vontade de querer mais, de sentir aquilo de novo. Por que tenho que me livrar disso?

O maior motivo para você se livrar deles é justamente porque você quer mais e mais! Até que chega o momento que você começa a buscar de forma descontrolada por essa sensação, porque você quer se sentir “feliz”, “realizada(o)”, “maravilhosa(o)”. Mas chega um momento que você tem 3 saídas:

  1. Continua fazendo aquelas atividades que lhe causam essa sensação até a hora que chegará a estafa ou dependendo da atividade não aguentará sustentar isso. Por consequência ficará frustrado e infeliz.
  2. Parar de uma vez com aquela atitude que trás aquela sensação maravilhosa e compensa com outra atitude, assim vai mudando e mudando. Por consequência você vai se frustrar e se sentirá infeliz.
  3. Se livrar do intermediário e praticar o consumo consciente, entender o porque você precisa daquilo, o benefício que vai te trazer, o quão útil será para você. O contrário também! Por que você não precisa daquilo? Os benefícios que aquilo vai te trazer é relevante ou necessário para aquele momento?  Isso vai te deixar mais próximo ou não do seu objetivo? É realmente útil?

Um exemplo clássico da primeira saída são aquelas pessoas que compram de forma compulsória, estouram o limite do cartão de crédito , se desesperam e falam ” Eu não entendo como isso aconteceu?! Mas eu não tenho nada, eu preciso tanto dessa calça nova e não tenho dinheiro!”. Tenho certeza que você conhece alguém assim. Todo mundo conhece ao menos uma pessoa com esse perfil.

Essas pessoas sofrem porque a sensação de vazio é grande, afinal ela não pode comprar/ consumir aquilo que tanto quer e ao mesmo tempo se vê com uma dívida gigantesca que impossibilita de fazer  o mínimo para seguir a vida, como pagar contas fixas básicas. Se vê engolida pela Bola de Neve da Compulsão.

O segundo caso é aquelas pessoas que nunca concluem algo, fazem tudo pela metade, perde o interesse pelas coisas em questão de segundos. Ficam na busca constante pelo prazer. O famoso Metralhadora Desenfreada. Essas pessoas sofrem frustrações seguidas de frustrações, tornam-se desmotivadas e acham que qualquer lâmpada é a luz no final do túnel que tanto procuram.

A terceira opção é um treino diário que quando conseguimos aplicar e termos a consciência do porque estamos fazendo isso, tudo fica mais fácil. Agora é a hora de um cálculo muito simples, é só usar a seguinte fórmula:

Consumo-Consciente Comportamento Todos

Como eu defino o que é um Consumo Consciente? Quando você estiver diante daquilo que você quer responda as seguinte pergunta:

Como vou me sentir quando conseguir isso?

Com base nessa resposta tome a sua decisão! Faça isso com as 10 coisas que você mais deseja. Verá que essa lista vai diminuir consideravelmente!

Pensar antes de tomar alguma decisão, saber colocar o pé no freio diante de um ato impulsivo parece difícil. No começo sempre é difícil! Sentimos injustiçados por ter que negar aquilo que está na nossa frente. É como tirar doce de criança, mas quando você era pequeno sua mãe dizia não pelo seu bem. Hoje você enxerga isso, mas quando pequeno batia o pé e falava que sua mãe era chata.

As suas escolhas de hoje refletem no seu EU de amanhã!

www.omundodelas.com_ Comportamento Todos

Você pratica o consumo consciente? Qual é o maior desafio quando o assunto é controlar a impulsividade? Quais táticas você lança mão para realizar suas escolhas?

Beijo, beijo

 

Dica de leitura:

Hábitos que te tornam uma pessoa mais feliz

Ética do consumo, consumo consciente e felicidade

(Visited 19 times, 1 visits today)